Tour da Bicicultura

A ideia

Viajar pela Europa de bicicleta, conhecendo outras cidades e outros países, outras pessoas, outras culturas. Visitar amigos espalhados por aí. Trocar a rotina actual por outra. Permitirmo-nos a nós próprios um pouco de aventura, sair da nossa zona de conforto, testarmo-nos, crescer.

Até aqui, nada de novo, é um sonho, um objectivo, um projecto popular. O factor diferenciador será o fio condutor da viagem.

Queremos organizar esta viagem à volta da “cultura da bicicleta”, e assim conhecer e visitar mais escolas, lojas, fábricas e afins, pessoas, empresas, associações que desenvolvam projectos à volta destas áreas que mais curiosidade, interesse e atracção sempre nos suscitaram, e cidades onde a bicicleta como meio de transporte e lazer esteja bem implantada. Queremos ver o que se faz por essa Europa fora, como, porquê, com que resultados. E partilhar essas nossas experiências e perspectivas com o mundo, claro.

tour da bicicultura

Não temos poupanças. Não temos financiamentos nem patrocínios. Para fazermos esta viagem teremos que vender  tudo do pouco que temos, abdicar da casa e da loja arrendadas, e provavelmente fechar a empresa, ou transformá-la numa coisa mais móvel, internacional, e flexível. E, claro, teremos que conseguir ir trabalhando ao longo da viagem, para sobrevivermos. E aqui entra outra das partes interessantes do projecto, para nós, pois gostaríamos de ir estagiando ao longo do caminho, com diferentes parceiros: em troca da hospitalidade tipo bed & breakfast, ajudaríamos no trabalho quotidiano das escolas, lojas, fábricas, etc, que fôssemos visitando e documentando. Não só captaríamos muito mais fielmente as condições e cultura locais, como dar-nos-ia a possibilidade de ir partilhando com terceiros o nosso trabalho desenvolvido ao longo destes anos em Portugal

Quando?

A data ainda não está fechada. Logo que consigamos.Há dois grandes obstáculos a condicionar isto:

  • a barreira psicológica: será que isto é boa ideia? queremos mesmo deixar tudo para trás e dar um salto no vazio? conseguiremos fazer isto? será uma boa experiência? Etc, etc, todas as dúvidas e medos normais que assaltam qualquer um que encare uma situação similar.
  • largar as amarras: para arrancarmos teremos que conseguir deixar fechada e resolvida uma série de aspectos burocráticos e financeiros, e isso pode ser mais complicado do que gostaríamos.

Gostaríamos de poder fazer isto sem data de regresso, na verdade. Terminando a tour pela Europa, gostaríamos de continuar o projecto pelo Brasil e pelos EUA.

Seria uma oportunidade fantástica de revisitar pessoas e lugares, e de conhecer pessoalmente pessoas e sítios que “namorámos” pela net durante anos e anos. E, igualmente fantástico: poder partilhar tudo isso convosco através de relatos, fotos, vídeos, podcasts.  🙂

A primeira tarefa era esta, tornar a ideia pública, uma estratégia conhecida para nos auto-pressionar a dar seguimento a determinado plano ou objectivo. Vamos ver se funciona. 😛

Lista de afazeres:

3 comentários a “Tour da Bicicultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

68 − = 65